Open Innovation no Sucesso das Organizações.

Posted on Posted in Blog, Estratégia Empresarial, Inovação

‘Open Innovation’ no Sucesso das Organizações.

Já pensou como todos os seus recursos humanos e unidades de negócio podem contribuir para a inovação de forma colaborativa e com sucesso? E que a sua organização pode ter maior produtividade e ser mais sustentável utilizando a inovação aberta?

O processo de inovação deve ser estimulado de forma institucional, e não ficar apenas sob a responsabilidade de um pequeno grupo de colaboradores, por mais diferenciados que sejam.
A maioria das organizações inovam através de novos serviços, produtos, parcerias, entre outros aspectos, mas o conceito da inovação aberta vai mais longe e necessita que as empresas possuam esta competência no seu DNA.

A inovação aberta surge com o desenvolvimento das tecnologias da informação e da comunicação e, por conseguinte, com o crescimento da mobilidade, do investimento no empreendedorismo, e do aparecimento de centros de formação de excelência espalhados por vários países. Os departamentos de inovação passam assim a ter de lidar com mercados externos, deixando de se concentrar só na inovação interna mas abrir o fluxo ao exterior e vice-versa.

O sucesso da inovação aberta leva ao crescimento da organização e será visível se permitir: acelerar o processo de inovação interno; incrementar entradas e saídas de novas ideias, tecnologias e conhecimento; possibilitar o acesso a novos mercados e áreas de conhecimento; criar ‘eco sistemas’ de inovação com competências ligadas ao mercado e reduzir potenciais riscos e custos da empresa.

Com o ritmo crescente da competitividade nos mercados, a inovação aberta necessita para o seu sucesso que as organizações mudem para processos colaborativos como ponto central e pilar da cultura organizacional.
Assim, este novo conceito pressupõe um ambiente colaborativo entre todos dentro da organização, podendo estar distribuído por vários países e unidades de negócio.

Existem determinadas competências comportamentais necessárias e essenciais para que o processo colaborativo da inovação aberta se instale na organização. Mas para que estas competências sejam elas o centro e a força de uma organização, os recursos humanos necessitam de reforçar e desenvolver as mesmas ao nível das suas soft skills.

A inovação aberta só terá sucesso numa organização se os seus recursos humanos, passarem por uma mudança de paradigma estruturada e por um desenvolvimento individual e de equipa.

Se a sua empresa ainda carece de uma forma mais ativa e eficientemente distribuída de estimulo à inovação, ou se a inovação aberta já está instalada mas não está eficiente nem ao ritmo que necessita, ou se as competências de soft skills dos seus recursos humanos necessitam de ser reforçadas e desenvolvidas, possivelmente o processo colaborativo na sua organização não está devidamente a funcionar.

A e-Estratégico possui consultoria estratégica que estimula a participação de todos os responsáveis pela inovação aberta na organização, utilizando técnicas e programas interativos desenvolvidos para o efeito, proporcionando grandes oportunidades a todos os intervenientes, promovendo a mudança, a inovação, o ‘intra empreendedorismo’ e a cultura da organização.

Criar valor através da inovação aberta obtendo sucesso, abraçando simultaneamente os princípios do desenvolvimento sustentável e da responsabilidade social e ética, é uma forma inteligente de crescimento para qualquer organização.

(Artigo publicado no Empreendedor.com)

Carla Vaz Paulo
Corporate Coach da e-Estratégico.

e-Estratégico, Empowering People!
Para mais informações contacte-nos.